ENCONTRO DE JOVENS ATIVISTAS 2024 - Imagem

ENCONTRO DE JOVENS ATIVISTAS 2024

O QUÊ?

O Encontro de Jovens Ativistas 2024 (EJA 2024), organizado pela Amnistia Internacional, é um espaço de partilha, aprendizagem e ativismo para os direitos humanos para jovens entre os 14 e os 24 anos.

O programa inclui momentos em plenário, testemunhos, grupos de trabalho e sessões paralelas, mas também momentos culturais e de lazer entre participantes para que possas conhecer outras pessoas que, como tu, querem saber mais sobre ativismo pelos direitos humanos.

passa à ação

Junta-te a outros jovens ativistas de todo o país, discute, aprende, diverte-te e defende os direitos humanos!

QUANDO E ONDE?

 - Imagem

O EJA 2024 realizar-se-á de 10 a 14 de julho de 2024, em Albergaria-a-Velha, distrito de Aveiro.

O EJA começa na tarde de 4ª feira dia 10 e acaba depois do almoço de domingo dia 14 de julho. O programa provisório vai ser partilhado em breve.

Consulta todos os detalhes sobre a organização nas Perguntas Frequentes, em baixo.

PORQUÊ?

Foi há 50 anos que Portugal acordou para a madrugada que há tanto esperava, “o dia inicial inteiro e limpo”. A revolução dos cravos libertou o país e deixou uma geração inteira sonhar com um país e um mundo diferente, mais justo, fraterno, igualitário e solidário. No aniversário de 50 anos do 25 de Abril, o Encontro de Jovens Ativistas não podia deixar de se focar na relevância e atualidade deste inspirador grito por liberdade.

Hoje, num país tão diferente daquele que em 1974 espantou todo o mundo com a sua irreverência, queremos refletir sobre o que significa realmente liberdade – liberdade de sermos quem somos, de defendermos aquilo em que acreditamos e de nos mobilizarmos para defender quem luta por liberdade, direitos humanos e justiça pelo mundo fora. Ao mesmo tempo, queremos refletir sobre tudo o que falta fazer, em Portugal e no mundo, para que todas possamos ser livres e viver uma vida digna, livre de opressão.

COMO?

Para te candidatar, basta preencher o formulário em baixo (ou aqui se preferires).

O prazo de candidatura termina no dia 23 de junho de 2024.

Se tiveres menos de 18 anos, é necessário que a pessoa encarregada de educação preencha o formulário de autorização (.docx | .pdf). e envie para [email protected] antes de dia 23 de junho.

De forma a facilitar a organização, o EJA conta com um contributo de participação de 15€. Eventuais casos específicos podem ser apresentados, antes de 23 de junho, para o email [email protected].

As deslocações para e de Albergaria-a-Velha estão a cargo dos participantes, tendo em conta os horários de início e fecho das atividades nos dias de chegada e partida.

candidata-te aqui
candidata-te aqui

CONTACTOS

Podes entrar em contacto com a equipa da Amnistia através de: [email protected] e 924 007 011 (WhatsApp, SMS e telefonemas), ou ainda no MAPA.

Testemunhos

Marta
Marta
Ativista nas Escolas Amigas
quote
Foi reconfortante perceber que podemos encontrar um espaço onde temos uma voz.”
Continuar a ler
Rui
Rui
Participante no EJA
quote
...por muito que seja difícil sair da nossa zona de conforto, o EJA é uma zona de conhecimento, de amizades e de luta pelo essencial!”
Continuar a ler
Eduardo
Eduardo
Participante no EJA
quote
Para além de contribuir imenso para o nosso conhecimento acerca dos direitos humanos, alerta-nos para questões importantes que muitas vezes estão esquecidas”
Continuar a ler
Mariana
Mariana
Participante no EJA
quote
O EJA para mim foi uma experiência incrível!”
Continuar a ler

queres saber como foi o eja 2023?

Faz play
Faz play

VAMOS?

O prazo de candidatura termina no dia 23 de junho de 2024. Se precisares de ajuda entre em contacto connosco ([email protected], 924 007 011 ou ainda no MAPA).

mais perguntas frequentes

A Amnistia Internacional é um movimento mundial de pessoas que promovem e protegem os direitos humanos. Em Portugal somos mais de 22 mil membros, apoiantes e ativistas.

O EJA está aberto a todas e todos os jovens dos 14 aos 24 anos em Portugal com interesse em defender e promover os direitos humanos. A participação é aberta a jovens que se inscrevem a título individual ou em pequenos grupos. Não é necessário um envolvimento prévio com a Amnistia Internacional para poder participar nos EJA.

O EJA tem um programa intensivo centrado na partilha, na discussão e na aprendizagem entre pares sobre direitos humanos e as formas de os promover. O programa deste ano centra-se em várias formas de defender a liberdade, olhando também para os 50 anos do 25 de abril em Portugal. As sessões de trabalho são desenhadas de acordo com os princípios da educação não formal e incluem discussões em plenário, trabalhos de grupo, testemunhos, reflexões individuais, exercícios experienciais, apresentações, jogos educativos e outros métodos.

O programa engloba os cinco dias, incluindo as noites, dando espaço também a intervalos e momentos informais. O programa provisório vai ser partilhado em breve.

O EJA 2024 decorrerá em Albergaria-a-Velha, distrito de Aveiro. Vamos ficar na Casa Diocesana de Nossa Senhora do Socorro.

O EJA conta com uma equipa de educadores encarregue do programa e das questões logísticas. Esta equipa irá também acompanhar pequenos grupos de trabalho que se formem durante o EJA para que a participação seja mais significativa. A equipa é formada por colaboradores/as e por voluntários/as da Amnistia Internacional Portugal.

Sim, por questões logísticas, o EJA 2024 está limitado a 60 pessoas participantes.

Os critérios de seleção são os seguintes:

  • Disponibilidade e motivação para participar em todo o EJA, incluindo na fase de follow-up;
  • Diversidade do grupo em termos de:
    • Género
    • Idade
    • Contexto geográfico
    • Envolvimento prévio com a Amnistia Internacional Portugal
    • Participação em EJA anteriores
  • Potencial de seguimento e de multiplicação do ativismo para os direitos humanos junto de outras jovens

A seleção será feita pela Amnistia Internacional Portugal. Os resultados serão comunicados por email no dia 27 de junho.

Para completar a candidatura de participantes menores de idade é necessário que a pessoa encarregada de educação preencha o formulário de autorização (.docx | .pdf) e envie para [email protected] antes de dia 23 de junho.

Contamos com a tua participação no programa completo, que terá momentos alternados de conteúdos de direitos humanos com momentos sociais e de lazer entre participantes.

De forma a facilitar a organização, o EJA conta com um contributo de participação de 15€. Eventuais casos específicos podem ser apresentados, antes de 23 de junho, para o email [email protected].

As deslocações para e da Albergaria-a-Velha estão a cargo dos participantes, tendo em conta os horários de início e fecho das atividades nos dias de chegada e partida.

Após a comunicação dos resultados da seleção é pedido às participantes para fazerem uma transferência bancária com os seguintes dados:

Valor: 15,00€

Nome: AMNISTIA INTERNACIONAL PORTUGAL

IBAN: PT50 0036 0103 99100000985 88

BIC/SWIFT: MPIOPTPL

Descrição (se possível): Nome do participante

Enviar o comprovativo de pagamento para [email protected]. A participação só será confirmada após receção deste comprovativo.

Será emitida uma fatura para cada pagamento. A fatura pode estar em nome individual ou em nome do teu grupo ou associação.

Vamos ficar Casa Diocesana de Nossa Senhora do Socorro, em quartos duplos. Faremos os possíveis por acomodar as preferências indicadas no formulário de inscrição, contudo, será necessária alguma flexibilidade e compreensão por parte de toda a gente.

As refeições serão também na Casa Diocesana de Nossa Senhora do Socorro. Eventuais necessidades ligadas à alimentação indicadas no formulário de candidatura serão respeitadas.

Não, as deslocações para e da Albergaria-a-Velha são da responsabilidade das participantes. Estamos a tentar garantir um transfer entre a Estação Rodoviária e o local do EJA nos dias de chegada e de partida. Após a confirmação da participação iremos partilhar todas as informações logísticas para os transportes.

Sim, este ano, através da colaboração entre a Direção Regional da Juventude dos Açores e a Amnistia Internacional Portugal, é possível receber um apoio para as viagens para e do continente. Podes consultar todas as informações na página da Direção Regional de Juventude dos Açores. Após a candidatura ao EJA e a confirmação da tua participação poderás candidatar-te ao apoio através dum formulário próprio da Direção Regional de Juventude dos Açores. A seleção para o EJA é de responsabilidade da Amnistia Internacional.

Sim, este ano, através da colaboração entre a Direção Regional da Juventude da Madeira e a Amnistia Internacional Portugal, é possível candidatar-se a um apoio para as viagens para e do continente. Para tal, para além da candidatura ao EJA, é necessário candidatar-te ao Programa Mais Mobilidade da Direção Regional de Juventude da Madeira. Podes encontrar todas as informações, os contactos e os documentos necessários neste link.

É necessário levar roupa e calçado confortável, agasalhos, produtos de higiene pessoal e outros artigos pessoais. O alojamento providencia toalhas e roupa de cama. Se quiseres podes levar instrumentos musicais e jogos de tabuleiro.

As participantes receberão um certificado de participação. Caso tenhas necessidade de justificar alguma ausência podes usar esse certificado. Caso seja necessário, a Amnistia Internacional poderá também emitir uma declaração para esse efeito.

A participação dos jovens na Amnistia Internacional após o encontro é fortemente encorajada. Esta participação pode ser feita a título individual, no MAPA, o servidor do Discord para jovens ativistas da Amnistia, ou em coletivo, através dos grupos que já existem, ou com a criação de novos grupos de ativistas. Ao longo do EJA iremos explorar e discutir todas as opções a este respeito.

Todas as atividades, refeições e momentos informais são realizados em conjunto com uma equipa de educadoras. Aos participantes menores de 18 anos não é permitido ausentarem-se do local do EJA sem autorização da equipa. Todos os participantes dispõem de um seguro de acidentes ativado pela Amnistia Internacional Portugal.

Antes e depois do EJA – [email protected] e 924 007 011

Durante o EJA – 924 007 011

Definições de Cookies

A AMNISTIA INTERNACIONAL pode utilizar cookies para memorizar os seus dados de início de sessão, recolher estatísticas para otimizar a funcionalidade do site e para realizar ações de marketing com base nos seus interesses.

Estes cookies são essenciais para fornecer serviços disponíveis no nosso site e permitir que possa usar determinados recursos no nosso site.
Estes cookies são usados ​​para fornecer uma experiência mais personalizada no nosso site e para lembrar as escolhas que faz ao usar o nosso site.
Estes cookies são usados ​​para coletar informações para analisar o tráfego no nosso site e entender como é que os visitantes estão a usar o nosso site.

Cookies estritamente necessários Estes cookies são essenciais para fornecer serviços disponíveis no nosso site e permitir que possa usar determinados recursos no nosso site. Sem estes cookies, não podemos fornecer certos serviços no nosso site.

Cookies de funcionalidade Estes cookies são usados ​​para fornecer uma experiência mais personalizada no nosso site e para lembrar as escolhas que faz ao usar o nosso site. Por exemplo, podemos usar cookies de funcionalidade para se lembrar das suas preferências de idioma e/ou os seus detalhes de login.

Cookies de medição e desempenho Estes cookies são usados ​​para coletar informações para analisar o tráfego no nosso site e entender como é que os visitantes estão a usar o nosso site. Por exemplo, estes cookies podem medir fatores como o tempo despendido no site ou as páginas visitadas, isto vai permitir entender como podemos melhorar o nosso site para os utilizadores. As informações coletadas por meio destes cookies de medição e desempenho não identificam nenhum visitante individual.